.4 de mar de 2015

Resenha do livro Caminhada após a Meia-Noite - Katy Hutchison


Nome do livro: Caminhada após a meia-noite
Autor: Katy Hutchison
Edição:1°ed./2014
Editora: Reader's Digest
Número de Páginas: 144


Li quase todo esse livro durante a minha viagem no ônibus e na uma hora e meia de espera para ser atendimento numa agência bancária (risos).
Comecei a ler esse livro com certe desleixo...sei que que não devemos ser assim nas leituras, mas eu estava desanimada. Porém 10 minutos depois eu estava tomada por essa belíssima história de vidas que foram marcadas por uma tragédia com proporções inimagináveis.
Um livro que traz uma história pessoal de alguém é delicado por si próprio. Delicado por quê? Porque aconteceu de verdade. A autora abriu seu coração para os leitores. É compartilhar sua dor e superação após uma perda tão grande que foi o final da vida de seu marido.

A história é contada pela própria autora – Katy Hutchison – que narra em primeira pessoa suas emoções, sentimentos, medos e fatos que antecederam e posteriormente aconteceram após a morte de seu marido Bob.

Era revéillon de 1997...todos estavam comemorando a chegada de 1998...horas antecediam a chegada do tão esperado ano novo...Katy estava em casa com seus vizinhos preparando a ceia da meia-noite. Seus filhos gêmeos – Sam e Emma – brincam com os filhos de seus queridos vizinhos da casa ao lado.

Aproxima-se a meia- noite e Katy fala para Bob que chegara do seu meio expediente no escritório para que coloque os filhos para dormir. Eles têm apenas 4 anos. Reclamam por terem que dormir cedo, mas vão. O pai se despede com um Eu Amo Vocês. Essa é a última vez que verão seu pai.

Chega-se à meia-noite. Garrafas abertas, comida cheirando e exalando toda a cozinha e os adultos se divertem. Um amigo de Bob – Gordie- chega falando que a casa de seus amigos está tendo uma festa para adolescentes e seus filhos estão lá, mas não querem voltar. Gordie e Jack perdem a Bob para tentar ajuda-los a trazerem seus filhos de volta. Ele vai mesmo sem querer.

Katy e Ryan Aldrige

Bob não volta. Ele morrera. O mundo de Katy fora perdido. Seu marido se fora. O vazio chegou. Seu parceiro fora assassinato. Ninguém sabe como acontecerá. Seu mundo caiu. Seus filhos não teriam mais seu pai. Ela agora era viúva. Ela não acreditava.

Um livro que traz vários temas a partir do relato de Katy sobre o homicídio de seu marido. A superação que alcançou depois de quase 7 anos após a morte de Bob.
Lições valiosas e desafiadoras para todos nós.

Como perdoar quem matou alguém que tanto amamos? Teríamos coragem de perdoar o assassino de nosso pai? Amaríamos quem nos feriu o roubou de nós nossa felicidade?

Katy ensinou como traçar uma nova rota de vida após perdas irreparáveis. Como encontrar a paz dentro de um turbilhão de dores e confusão.

Ela nos conduz numa jornada árdua, mas gradativamente revitalizadora para sua vida e de seus filhos.
A dor é aceitável e permitida aos todos, mas superá-la se faz essencial. Viver com ela é sentenciar a vida à infelicidade.

Justiça e perdão são diferentes.

O crime não define quem são as pessoas. Ryan  Aldridge – o rapaz que matara Bob – aprendeu com seu erros. Vítimas e acusados crescendo lado a lado.
O crime é suscetível a todos. O perdão é essencial para a liberdade de todo. Essencial para a espiritualidade.  
Projeto de Katy - " História de Bob"


Façamos a escolha certa. Pensar a longo prazo. Evitar o isolamento de nossos problemas. Contar nossas dores com familiares, amigos e quem amamos. Isso cria laços. Evita atos impensáveis. Culpas que podemos levar para sempre. Essas são as piores sentenças.

Um livro recheado de dor, amor, perdão e muita coragem narrada por uma mulher que experimentou os porões mais escuros da humanidade, mas saiu deles com uma luz que iluminou muitos. Libertando àqueles que estão aprisionados pela culpa causada por atos que foram feitos por momentos de pouca reflexão.

Joanice Oliveira 







Nenhum comentário:

Postar um comentário

© Poesia que encanta a vida - 2016 | Todos os direitos reservados. | Tecnologia do Blogger