.17 de abr de 2017

[Resenha] Simplesmente Amor - Helena Andrade

Título: Simplesmente Amor
Autor: Helena Andrade
Editora: Ler Editorial
Ano: 2016
N° de Páginas: 216
Compre: Amazon || Saraiva 


Sinopse:
Um amor que nem mesmo a perda da memória foi capaz de apagar.
Imagine encontrar o amor verdadeiro, vivenciá-lo em sua plenitude e depois perdê-lo nas entranhas da mente.Ao realizar uma viagem de férias à Europa, Alicia vive momentos que não só podem mudar seu futuro, mas também lhe trazem revelações do passado. Quando retorna ao Brasil, um acidente a coloca entre a vida e a morte, tendo como consequência a perda das lembranças. Sem consciência de suas experiências, ela retoma sua vida, casa com o antigo namorado e deixa o acaso conduzi-la. Porém, seu corpo começa a mostrar-lhe que existem mistérios por trás da amnésia, algo tão profundo que nem mesmo a perda da memória foi capaz de apagar.

Simplesmente Amor é um romance dramático, doce e verdadeiro que mostra que o Destino pode muitas vezes nos dar uma nova chance de amar e ser amado de uma forma única e inesquecível.



Alícia é uma mulher de vinte e poucos anos, advogada e turista em Londres que teve seu coração partido quando seu namorado pediu um tempo no momento de sua entrada na aeronave que a levaria para a Europa. Ela estava muito triste, mas a vida sempre nos mostra que tristeza é apenas um pequeno momento, mas não um castigo e tem uma estadia agradável no velho continente trazendo na sua bagagem muitas histórias e um amor de verão.


Sua chegada a São Paulo se dar tranquilamente e sua cunhada Mi vem busca-la. Alicia toma a direção e conversa sobre sua viagem e pergunta sobre sua família e afins para a cunhada. Num dado momento do caminho para a capital o carro que as duas se encontravam bate na lateral de um caminhão e perde o controle levando as duas de encontro com a morte.

Semanas se passam e Alicia acorda no hospital sem se lembrar do ocorrido no dia de sua chegada da Europa. Ela nem se lembra de sua viagem e nem que Caio terminou o relacionamento. Seus pais parecem preocupados e abatidos. Ela não sabe o motivo. Até sabe, mas não tolera ser motivo de preocupação para todos. Pergunta por sua cunhada. Ela está bem apenas com membros engessados. Alicia agradece aos céus por não ter matado sua cunhada. Não aguentaria ter sido causadora da destruição de uma família.


Seu retorno para casa acaba se tornando algo delicado e assustador, porque descobre está grávida de poucas semanas e Caio lhe pediu em casamento. Ele parece distante e quando se beijam, ela não sente nada. Será que o amor acabou entre eles? Não importa a criança precisa de uma família e ambos construíram um lar amoroso e perfeito para a criação de um filho.

Após o casamento de Alicia e Caio percebemos que uma escolha precipitada foi tomada pelos dois. O matrimônio tornou-se apenas um fardo e Alicia se ver abandonada diariamente por seu marido e vai ficando cada dia mais infeliz e sentindo um vazio profundo em seu coração que parece querer falar que ela esqueceu algo muito importante.

“Pareciam existir feridas abertas, sem sinais de cicatrização. E por mais que eu me esforçasse em buscar alegria, a sensação não amenizava.”

A separação vem como alívio para Alicia e a oportunidade para um recomeço em sua vida. Ela fica mais feliz e atenta para os sinais do Destino. Empenha-se em seu trabalho conquistado com muito suor e é chamada para uma negociação importante com uma construtora que quer trabalhar de forma sustentável. Ela quer finalizar essa transação para viajar novamente para a Europa e relaxar, mas não sabia ela que a vida lhe chamava para reencontrar com algo esquecido do passado.


Seu último trabalho antes das férias é um final de semana na casa de praia de Henrique – o proprietário da construtora – na qual serão feitos os trâmites legais. Nesse lugar os caminhos de Alicia e Miguel se cruzam para provar que o Amor é a única forma de plenitude para nossa existência.

Miguel é arquiteto e mora na Europa e é apaixonado pela vida, mas tem um olhar profundamente triste que mostra que teve muitas perdas e que seu coração está machucado e ansioso por um bálsamo de cura. Ele penetra a alma de Alicia e tentará de todas as formas conquistar aquela mulher que parece dominar seus sonhos e anseios.

“Eu queria resgatar a força dentro de mim, para que pudesse ver o sol de novo.”

Alicia ver-se novamente num beco sem saída. Será que conseguiria se envolver rapidamente com outra pessoa após sua recente separação? Por que Miguel parece tão importante para seu coração? E por que seu coração preencheu-se quando o avistou? O que será que unem eles?

Alicia é uma mulher vinda de várias perdas. Umas ela conhece e outras ela tomara conhecimento durante várias revelações que abalaram sua confiança até então intacta após o acidente. Ela é uma mãe amorosa, advogada eficiente, mas infeliz no lado amoroso. Após sua separação de Caio que não acredita que vai ser amada profundamente e incondicionalmente e quando conhece Miguel, percebe que a vida existe para derrubar nossas verdades e questionar nossos sofrimentos infundados. Ela poderia ter perdido a memória de alguns acontecimentos, mas o Destino se encarregou de lhe trazer uma nova história incomum e ímpar para preencher a lacuna de suas lembranças e o vazio de seu coração.

Caio, ex-marido de nossa protagonista é um homem sem graça e suscetível a manipulação de situações. Nunca fui muito chegada a ele. Em alguns momentos fiquei triste por ele observar que Alicia não o amava mais, porém ele ainda acreditava que poderia mudar isso.

“Tinha de admitir que algumas escolhas, por mais corretas que pudessem parecer, nem sempre nos levavam ao melhor caminho.”

Miguel é aventureiro, doce, amoroso, carinhoso, porém dado a explosões incontroláveis de emoções que muitas vezes desequilibravam sua relação com Alicia. É misterioso e exala tristeza e solidão. Compreendemos alguns traços de seu comportamento e postura principalmente diante Alicia e Enzo – filho de Cia – quando seu passado é explicado para todos. Ele é apaixonante e cativante.

“[...] Num momento estava triste e no seguinte parecia estar contando uma piada interna.”

Milena – esposa de Diogo, irmão de Alicia – é engraçada, forte e bem decidida em tudo. Ela é uma fortaleza que ampara sua cunhada após o acidente e que a compreende com ternura e amor.

Os pais de Alicia e a mãe de Miguel são personagens que nos apaixonamos no momento que os conhecemos. Compreensivos, amorosos e que conseguiram encontrar um oásis de amor e salvação no meio de uma vida de perdas e sofrimentos que poderiam ter os tornados amargurados, porém escolheram lançar gentileza e boas ações para aqueles que necessitam de amor e investimento em seus talentos e sonhos.

A leitura é gostosa e conquista facilmente, porque não tem aquele drama de novela das nove e muito menos temos uma personagem que cai de amores pelo mocinho. Alicia é forte e sábia em suas decisões e quando pensamos que ela vai agir de forma infantil diante algumas revelações, ela se comporta plenamente madura mesmo diante as circunstâncias. Além, claro de Miguel que é o retrato de um ser humano que perdeu alguém que amou muito, mas foi presenteado com uma nova chance de tentar encontrar sua felicidade.

“Adorava estar com este homem. Ele fazia eu me sentir especial.”

A capa é uma belezura, porque traz tons distintos de rosa e o fundo com a Bridge Ponte e a modelo combina com a história e contrastam perfeitamente com a fonte agradável e as flores que aparecem no início dos capítulos narrados por nossa personagem.

Simplesmente Amor é aquele romance que arranca suspiros apaixonantes, desperta sonhos românticos e mostra que amor é uma realidade para todos, porém nunca será feito de um conto de fadas, mas de um encontro de pessoas que decidem lutar para ficarem juntas com amor, confiança e companheirismo. 


17 comentários:

  1. Oioi
    O livro parece dar um belo filme, Como um livro talvez não me agrade 100% porque fico meio estressada com situações como a desse casamento, mas quem sabe um dia.

    ResponderExcluir
  2. Já ouvi falar desse livro e a dica está anotada. Adoro romances que fazem a gente acreditar no amor e esse parece ser exatamente assim!

    Bjos

    ResponderExcluir
  3. Olá
    Eu ouço muito a respeito dessa obra, mas acho que nunca ali uma resenha ali te o fim sobre o mesmo kk. Não os muito fã de romances e esse não é diferente, não tenho muito interesse, mas não posso discordar que é uma ótima pedida para quem é fã do gênero. Acho essa capa uma coisa fofa. Até mais ver
    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Heiii, tudo bem?
    Ainda nao tinha escutado falar de Simplesmente Amor e fiquei curiosa com esse enredo.
    Sou uma fã apaixonada por romances e nunca é demais ne?
    Achei a capa linda e tudo a ver com a historia.
    Adorei a dica e vou ler depois sim.
    Beijos.

    Livros e SushiFacebookInstagramTwitter

    ResponderExcluir
  5. Olá,

    Não conhecia o livro, mas gostei muito da premissa e fiquei curiosa para saber mais sobre a protagonista. Eu gosto muito de ler romances para descontrair e vou dar uma chance para esse em breve.

    Abraços,
    Cá Entre Nós

    ResponderExcluir
  6. Querida Joanice, eu amei a resenha! Você captou muitos pontos essenciais da história. Eu adorei escrevê-la e é maravilhoso receber este feedback de uma leitora tão especial como você.
    Escrever um livro é tecer uma trama, que pode encantar ou não. Saber que você passou momentos especiais com estes personagens alegra meu coração.
    Gratidão pelo carinho com minha obra. As fotos também ficaram incríveis!
    Simplesmente Amor para você <3

    ResponderExcluir
  7. Ouvi falar recentemente sobre este livro e o coloquei na lista. Tem elementos bons para quando quiser variar as leituras que ando preferindo atualmente. Obrigada por reforçar a dica!

    ResponderExcluir
  8. Oi, JOanice
    Também gostei muito desse livro e concordo com você sobre Alicia.
    Adorei o romance, achei bem leve e dá para dar uns suspiros rs

    Blog Livros, vamos devorá-los

    ResponderExcluir
  9. Oi, tudo bem?
    Primeiro preciso comentar que a capa desse livro ficou linda. Caramba quantas reviravoltas acontecem na vida de Alice, fico imaginando quanto deve ser difícil a pessoa perder um pedaço da memória e ainda encarar uma separação e um reinicio. Gosto mt de livro que nos mostram como a vida é no dia a dia.
    Bjs!
    Fadas Literárias

    ResponderExcluir
  10. Olá Joanice,
    Já li muitas resenhas desse livro e tenho ele em minha lista de desejados.
    As suas impressões foram ótimas e me imagino suspirando por essa história, pois isso aconteceu só de ler sua resenha.
    Adorei saber da profissão do Miguel, não me lembro de ter lido nenhum livro com um personagem arquiteto.
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Oiee, ainda não li, e pelo que pude ver não acho que não leria no momento, muito clichê!

    bjs

    ResponderExcluir
  12. Olá! Nossa, que resenha intensa! Gostei muito da premissa desse livro, cheios de emoção e drama, parece ser um romance bem envolvente e intenso. Beijos!

    ResponderExcluir
  13. Oie!
    Já vi que essa história será daquelas que me fará suspirar!
    Eu ainda não conhecia esse livro, mas depois da sua resenha fiquei bem curiosa para conferir.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  14. Olá, tudo bem? Conhecia o livro de vista, e simplesmente adorei os pontos que você destacou. Parece ser uma história promissora e que nos toca. Gostei de saber que não é um drama da novela das nove e isso ganha vários pontos comigo. Também achei a capa uma lindeza. Adorei <3
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Oi, Nice!
    Menina, li a resenha desse livro essa semana e fiquei simplesmente encantada por ele. Até entrou na wishlist. E agora, conferindo a sua, a vontade de ler aumentou mais ainda!
    Que romance lindo <3

    ResponderExcluir
  16. Olá!

    Não curti muito a Alícia, mas admito que daria uma olhada na história, parece ser bem bacana, além de falar de amor de uma maneira delicada mas sem ser irritante.

    ResponderExcluir
  17. Oi!!
    A capa não me agradou muito. Mas já estou olhando para esse livro positivamente por saber que se trata de um romance dramático.
    Alicia parece sofrer bastante, mas vai encontrar pelo a visto a felicidade, espero ler esse romance um dia, gosto quando a trama envolve dramas, imagina perder a memória.
    Gostei da dica.
    Beijão!

    ResponderExcluir

© Poesia que encanta a vida - 2016 | Todos os direitos reservados. | Tecnologia do Blogger